Outer Space Em crise, Twitch deve demitir mais 500 pessoas esta semana

Em crise, Twitch deve demitir mais 500 pessoas esta semana

A onda de demissões no setor de tecnologia deve afetar mais uma vez a equipe do Twitch, que pretende dispensar cerca de 500 funcionários...

Outerspace
Em crise, Twitch deve demitir mais 500 pessoas esta semana

Em crise, Twitch deve demitir mais 500 pessoas esta semana

Outerspace

A onda de demissões no setor de tecnologia deve afetar mais uma vez a equipe do Twitch, que pretende dispensar cerca de 500 funcionários esta semana, de acordo com a Bloomberg.

Caso as demissões se confirme, a plataforma de streaming da Amazon reduzirá sua força de trabalho em 35%. A empresa enfrenta uma crise e já havia demitido mais de 400 funcionários no ano passado.

Em dezembro passado, a Amazon-Twitch encerrou suas atividades na Coreia do Sul. Na ocasião, Dan Clancy, CEO da Twitch (que sucedeu Emmett Shear, CEO da plataforma até março de 2023), explicou que os custos das atividades na Coreia do Sul eram muito altos em comparação com o receitas geradas. Foram então destacados os “custos proibitivos” das tarifas de rede no exterior. O problema da rentabilidade continua central na gestão do Twitch, que ainda não é rentável apesar de uma compra pela Amazon no valor de 970 milhões de dólares em 2014, três anos após a criação da plataforma de transmissão online. A plataforma registou mesmo perdas recordes em 2022 e 2023, apesar de um volume de negócios de cerca de 2,8 bilhões de dólares em 2022.

Recentemente, o Twitch perdeu vários executivos que ocupavam cargos importantes na empresa, incluindo o diretor de produtos, o diretor de clientes, o diretor de conteúdo e o diretor de vendas e receitas, que trabalhava em colaboração com o departamento de publicidade da Amazon.

A publicidade tem sido apontada como um ponto crítico para a plataforma e a prioridade para o novo CEO Dan Clancy desde que assumiu o cargo em 2023. Depois de muitas críticas sobre a política inicial do Twitch em termos de publicidade, o CEO “liderou um ataque ofensivo em todo o país para reparar relacionamentos com jogos celebridades que ganham a vida transmitindo notícias no Twitch”, segundo a Bloomberg. Mas a iniciativa até agora não deu frutos.

O post Em crise, Twitch deve demitir mais 500 pessoas esta semana apareceu primeiro em Outer Space.

Últimas