Outer Space Novo fenômeno Palworld vende 5 milhões em três dias e supera polêmica

Novo fenômeno Palworld vende 5 milhões em três dias e supera polêmica

Rotulado como um “Pokémon com armas” e ameaçado de boicote, Palworld claramente se beneficiou da polêmica e a ampla exposição espontânea...

Outerspace
Novo fenômeno Palworld vende 5 milhões em três dias e supera polêmica

Novo fenômeno Palworld vende 5 milhões em três dias e supera polêmica

Outerspace

Rotulado como um “Pokémon com armas” e ameaçado de boicote, Palworld claramente se beneficiou da polêmica e a ampla exposição espontânea, se tornando o primeiro fenômeno de popularidade de 2024.

O jogo do estúdio japonês Pocketpair foi lançado na última sexta-feira no PC e Xbox e já vendeu mais de 5 milhões de cópias, apesar de ter sido incluído “de graça” na assinatura do Xbox Game Pass.

No Steam para PC, os contadores de jogadores simultâneos de Palworld explodiram instantaneamente, com um pico de 1.291.967 jogadores conectados simultaneamente no domingo. Apenas quatro jogos já tiveram melhor desempenho na história da plataforma Valve: Dota 2 (1.295.114), Lost Ark (1.325.305), CS:GO (1.818.773) e especialmente PUBG que coletou 3.257.248 jogadores muito antes de se tornar free-to-play.

Enquanto milhões jogam Palworld, muitos estão questionando se devem apoiar um jogo que copia de forma tão explícita a arte de Pokémon. A polêmica envolve também questionamentos sobre o possível uso de inteligência artificial na criação da arte do jogo, já que o chefe do Pocketpair, Takuro Mizobe, já demonstrou grande interesse na tecnologia, seja em publicações no Twitter/X ou por seu jogo anterior, chamado AI: Art Impostor, que usa criação por IA como mecânica de jogo.

Em uma publicação na rede social em 2021, Mizobe falava justamente sobre como era possível criar Pokémons originais, ou “Fakemons”, com inteligência artificial. Em outros, o chefe do Pocketpair revelou que toda a arte de Palworld foi criada por uma única pessoa, uma estudante sem experiência que havia procurado emprego em mais de cem empresas sem sucesso, até ser abrigada pelo Pocketpair. Ele também admite que a equipe do estúdio não tem sequer um especialista em animação e é formada por pessoas com pouca experiência profissional, incluindo um funcionário que trabalhava numa loja de conveniência.

Mizobe também já destacou como o jogo anterior do estúdio, Craftopia, se inspirou em muitos títulos populares e usou ativos padrão de ferramentas de desenvolvimento para ser criado.

Segundo o blog de Mizobe, que fundou a Pocketpair após deixar o emprego no JP Morgan, Palworld teria custado um bilhão de ienes ou 6,7 milhões de dólares. Um orçamento modesto para um jogo que demorou três anos para ser criado e passou do escopo original de 25 monstros para mais de 100.

É preciso dizer que o jogo ganhou impulso diante das inúmeras reações geradas a partir do primeiro trailer de junho de 2021 e em particular foi necessário transferir o jogo do Unity para o Unreal em pleno desenvolvimento. No geral, o nascimento do jogo é visto por Takuro Mizobe como fruto de uma “sucessão de milagres”, como na história do recrutamento do responsável pela animação das armas, um jovem entusiasta de FPS autodidata de 20 anos que trabalhava meio período em uma loja de conveniência em Hokkaido e que Mizobe descobriu pela internet.

Enquanto esperamos para ver se a equipe Palworld, que agora conta com mais de 60 pessoas, conseguirá os meios para manter o jogo popular, as cerca de 40.000 avaliações de usuários do Steam ainda são 93% positivas. A prioridade do estúdio no momento é responder às inúmeras solicitações técnicas antes de começar a discutir um roteiro. “Atualmente, recebemos mais de 50 mil solicitações. Pedimos sinceras desculpas pela demora na resposta de nossa equipe de suporte. A equipe de desenvolvimento está ciente da existência de bugs graves, como impossibilidade de acessar servidores, impossibilidade de jogar no modo multiplayer ou perda de dados salvos, e está atualmente trabalhando para resolvê-los. Forneceremos informações sobre soluções para esses problemas o mais rápido possível”, informa a página de Palworld no X.

O post Novo fenômeno Palworld vende 5 milhões em três dias e supera polêmica apareceu primeiro em Outer Space.

Últimas